sábado, 19 de novembro de 2011

TERAPIA ORTOMOLECULAR


TERAPIA ORTOMOLECULAR

Terapia Ortomolecular ou Oligoterapia é uma ciência que tem como objetivo principal equilibrar os minerais e vitaminas em nosso organismo.
O Terapeuta, através de uma pesquisa minuciosa com o cliente, detecta quais são suas carências minerais e por meio de técnicas de ionização, bandagens e procedimentos específicos da Ortomolecular, repões os mesmos nutrindo assim as deficiências do cliente para que o mesmo obtenha uma vida saudável com bem estar.
Na ausência de minerais, fica aberta a porta para ansiedade, nervosismo, stress, depressão entre outras disfunções podendo levar à graves estados patológicos. Esta ausência proporciona também sintomas desconfortáveis ao organismo, os quais não são detectáveis em exames convencionais mas o indivíduo sente que há algo que está em desarmonia.

DIÁTESE

Para efeito de tratamento as doenças funcionais são classificadas em 6 grupos ou diáteses que representam as predisposições patológicas individuais ou seja, predisposições que trazemos gravadas nas nossas células e que podem se manifestar, ou não, dependendo de fatores ambientais (alimentação, poluição, estilo de vida, atividade física, etc.).

As diáteses são classificadas de acordo com a carência principal encontrada:


1) Diátese alérgica ou artrítico-alérgica (síndrome hiper-reativa).
Excesso de reação ante aos estímulos a respostas será rápida, brutal e excessiva, com os sinais característicos da alergia ou comportamento de hiperatividade.
A principal carência é do oligoelemento manganês e outros metais complementares que, quando reposto, trata os pacientes que geralmente são crianças ou adultos jovens, com alergias como rinite, asma, conjuntivites, bronquites, eczemas, alergias alimentares e/ou sinais inflamatórios articulares, enxaquecas, com poucas ou nenhuma alteração laboratorial. São indivíduos interativos, principalmente à noite, com dificuldade de conciliar o sono e, geralmente pela manhã, têm dificuldade de despertar. Irritáveis, dinâmicos, otimistas, hiper-reativos e hiper-emotivos, com um cansaço de base mascarado por uma constante movimentação e busca de atividades.

2) Diátese hipostênica ou artro-infecciosa (síndrome hipo-reativa).
Com uma resposta lenta e insuficiente ante os estímulos, há diminuição das trocas celulares. A principal carência é dos oligoelementos manganês e cobre e outros metais complementares que, quando repostos, tratam do sistema imunológico deprimido com tendência a infecções repetitivas áreas otorrinolaringológicas como gripes, amidalite, otites e bronquites infecciosas; área gastrointestinal como colites; área urológica como cistites, menstruação dolorosa (cólica menstrual), hipotireoidismo, além da fadiga anormal progressiva com o decorrer do dia que necessita de muitas horas de recuperação e de sono. Em crianças ocorre déficit ponderal, dificuldade de atenção.

3) Diátese distônica ou neuro-artritica (síndrome distônica).
Caracteriza-se por desequilíbrios a nível neuro-vegetativo, desadaptação à resposta celular e declínio progressivo da vitalidade. É a diátese da segunda metade da vida, da maturidade. A principal carência é dos oligoelementos manganês e cobalto e outros metais complementares (magnésio, potássio, lítio), que quando repostos, tratam alterações endócrinas como diabetes, gastro-duodenites, úlcera gastro-duodenal, intestino irritável, fibromialgia, distúrbios da menopausa, artrose, osteoporose, transtornos circulatórios centrais e periféricos, insônia, ansiedade, diminuição da memória e da concentração, alergias crônicas e enxaquecas. Disposição matutina que diminui com o passar do dia com sensação de peso nas pernas.

4) Diátese anérgica (síndrome anérgica).
Falta de vitalidade e ausência da defesa imunológica. A principal carência é dos oligoelementos cobre, ouro e prata e outros metais complementares que, quando repostos, tratam convalescenças transitórias: pós virais, pós cirúrgicas ou pós traumáticas, choques morais, processos infecciosos repetitivos de evolução rápida e severa com falta de resposta aos medicamentos, até quadros degenerativos, lesionais, fadiga global, que não melhora com o repouso, no plano comportamental, uma sintomatologia do tipo depressiva ou ansiodepressiva, diminuição das faculdades intelectuais, perda progressiva da memória com tendência ao isolamento, alheamento e comportamento de renúncia.

5) Diátese da desadaptação hipófisogenital.
A principal carência é dos oligoelementos zinco e cobre e outros metais complementares que, quando repostos, tratam disfunções sexuais, ovarianas, transtornos do ciclo menstrual, impotência sexual funcional, atrasos de desenvolvimento de características sexuais nos adolescentes e também enurese (xixi) noturna em crianças.

6) Diátese da desadaptação hipófisopancreática.
Alteração do metabolismo glicênico. A principal carência é dos oligoelementos zinco, níquel, cobalto e outros metais complementares que, quando repostos, tratam bulimia, hipoglicemia, sonolência após a refeição, digestão lenta, prevenção de diabetes.

TABELA DOS PRINCIPAIS SAIS MINERAIS

CÁLCIO - Atua na formação de tecidos, ossos e dentes; age na coagulação do sangue e na oxigenação dos tecidos, combate as infecções e mantém o equilíbrio de ferro no organismo. 
Sua falta provoca deformações ósseas, enfraquecimento dos dentes.
Fontes - Queijo, leite, nozes, uva, cereais integrais, nabo, couve, chicória, feijão, amendoim, lentilha, castanha de caju.

COBALTO - Age junto com a vitamina B12, estimulando o crescimento e combatendo as afecções cutâneas.
Fontes - Está contido na vitamina B12 e no tomate.

FÓSFORO - Atua na formação dos ossos e dentes, indispensáveis para o sistema nervoso e o sistema muscular, junto com o cálcio e a vitamina D, combate o raquitismo.
Sua falta provoca maior probabilidade de ocorrência de fraturas, músculos atrofiados, alterações nervosas e raquitismo.
Fontes - Carnes, miúdos, aves, peixes, ovos, leguminosas, queijo, cereais integrais.

FERRO - Indispensáveis na formação do sangue; atua como veiculador do oxigênio para todo o organismo.
Sua falta provoca anemia.
Fontes - Fígado, rim, coração, gema de ovo, leguminosas, verduras, nozes, frutas secas e azeitonas.

IODO - Faz funcionar a glândula tireóide, ativa o funcionamento cerebral; permite que os músculos armazenem oxigênio e evita que a gordura se deposite nos tecidos.
Sua falta provoca bócio, obesidade e cansaço.
Fontes - Agrião, alcachofra, alface, alho, cebola, cenoura, ervilha, aspargo, rabanete, tomate, peixes, frutos do mar e vegetais.

CLORO - Constitui os sucos gástricos e pancreáticos.
É difícil haver carência de cloro, pois existe em quase todos os vegetais; o excesso de cloro destrói a vitamina E e reduz a produção de Iodo.

POTÁSSIO - Atua associado ao sódio, regularizando as batidas do coração e o sistema muscular, contribui para a formação das células.
Sua falta provoca diminuição da atividade muscular, inclusive a do coração.
Fontes - Azeitona verde, ameixa seca, ervilha, figo, lentilha, espinafre, banana, laranja, tomate, carnes, vinagre de maça e arroz integral.

MAGNÉSIO - Atua na formação dos tecidos, ossos e dentes; ajuda a metabolizar os carboidratos, controla a excitabilidade neuromuscular.
Sua falta provoca extrema sensibilidade ao frio e ao calor.
Fontes - Frutas cítricas, leguminosas, gema de ovo, salsinha, agrião, espinafre, cebola, tomate e mel.

MANGANÊS - Importante para o crescimento; intervém no aproveitamento do cálcio, fósforo e vitamina B1.
Fontes - Cereais integrais, amendoim, nozes, feijão, arroz integral, banana, alface, beterraba e milho.

SILÍCIO - Age na formação dos vasos e artérias e é responsável pela sua elasticidade; atua na formação da pele, das membranas, das unhas e dos cabelos; combate as doenças da pele e o raquitismo.
Fontes - Amora, aveia, escarola, alface, abóbora, azeitona e cebola.

FLÚOR - Forma ossos e dentes; previne dilatação das veias, cálculos da vesícula e paralisia.
A necessidade de flúor é muito pequena, ele é recomendado apenas para gestantes e para crianças durante a formação da segunda dentição.
Fontes - Agrião, alho, aveia, brócolis, beterraba, cebola, couve-flor, maça e trigo integral.

COBRE - Age na formação da hemoglobina (pigmento vermelho do sangue).
Fontes - Centeio, lentilha, figo seco, banana, damasco, passas, ameixa, batata e espinafre.

SÓDIO - Impede o endurecimento do cálcio e do magnésio, o que pode formar cálculos biliares ou nefríticos; previne a coagulação sanguínea.
Sua falta provoca cãibras e retardamento na cicatrização de feridas.
Fontes - Todos os vegetais, principalmente salsão, cenoura, agrião e cebolinha, queijo, nozes e aveia.

ENXOFRE - Facilita a digestão; é desinfetante e participa do metaboplismo das proteínas.
Fontes - Nozes, alho, cebola, batata, rabanete, repolho, couve-flor, agrião, laranja e abacaxi.

ZINCO - Atua no controle cerebral dos músculos; ajuda na respiração dos tecidos, participa no metabolismo das proteínas e carboidratos.
Sua falta provoca a diminuição da produção de hormônios masculinos e favorece o diabete.
Fontes - Carnes, fígado, peixe, ovos, leguminosas e nozes.

CONHEÇA A AÇÃO DOS OLIGOELEMENTOS

Para começar, vou explicar o que são oligoelementos: São elementos químicos essenciais para os seres vivos, geralmente são encontrados em baixa concentração nos organismos, mas são essenciais nos processos biológicos por serem fundamentais para a formação de enzimas vitais para determinados processos bioquímicos como por exemplo a fotossíntese ou a digestão.

01) ALUMÍNIO (Al)
Ação: Cérebro e sistema nervoso central.
Propriedades: Biocatalítico nos atrasos de desenvolvimento intelectual, aumenta a vitalidade cerebral, facilita a capacidade de compreensão, ativa a succinato desidrogenase.
Indicação: Atraso no desenvolvimento intelectual, perturbações de memória, atrasos escolares, mongolismo (como coadjuvante na terapia), arteriosclerose.

02) ANTIMÔNIO (Sb)
Ação: Sistema articular.
Propriedades: Biocatalítico "lubrificante" das articulações.
Indicação: Artroses, reumatismos agudos.

03) BISMUTO (Bi)
Ação: Otorrinolaringológica.
Propriedades: Biocatalítico nas afecções da garganta, permite evitar ou diminuir as doses de antibióticos.
Indicação: Amigdalites, laringites, faringites, adenoidites, sinusites.
OBS. Os riscos da bismutoterapia estão eliminados não só pelas microdoses ministradas, como pela sua presença em forma iônica.
NT: No terreno infeccioso, o bismuto é normalmente prescrito como complemento do Cobre, o que reforça a autodefesa anti-infecciosa.

04) BORO (B)
Ação: Na infiltração intersticial do tecido celular subcutâneo.
Propriedades: Diurético.
Indicação: Obesidade, celulite.
NT: Coadjuvante no tratamento estético, na massagem e drenagem linfática.

05) CÁLCIO (Ca)
Ação: Aparelho músculo esquelético.
Propriedades: Essencial no crescimento, gravidez e lactação.
Indicação: Raquitismo (associado as vitaminas A e D), osteomalacia, osteopenia, osteoporose, dentição, consolidação de fraturas, cárie dentária junto com o Flúor, estados nervosos, hipertensão.

06) COBALTO (Co)
Ação: Sistema simpático e parassimpático (geral e circulatório), sobre o miocárdio, na coagulação sanguínea.
Propriedades: Regularizador no sistema neuro-vegetativo, regularizador na vasodilatação e hipotensão, antagonista da adrenalina, hipoglicemia, melhora a microcirculação.
Indicação: Distúrbios neurovegetativos, hipertensão e hipotensão arterial, insuficiência circulatória periférica, acrocianose, espasmos arteriais e dos pequenos vasos, taquicardias, cardialgias, doença de Raynaud, arterite dos membros inferiores, enxaquecas (uma dose de hora em hora), angustias, distúrbios psíquicos do tipo ansioso e, particularmente, antes e durante exames, concursos etc.
NT: Coadjuvante na formação da hemoglobina.

07) COBRE (Cu)
Ação: Sistema retículo-endotelial.
Propriedades: Estimula os processos de defesa orgânicos, antinfeccioso, antiinflamatório, aumenta a resistência às infecções virais ou microbianas, potencializa a ação dos antibióticos, estimula as supra renais, completa a atividade da vitamina C. Tomado logo aos primeiros sinais de gripe, debela-a em 48 horas sem deixar astenia consequente.
Indicação: Todos os estados infecciosos agudos ou evolutivos, todos os processos inflamatórios, vitiligo (algumas formas).
Contra-indicação: Doença de Wilson - Acúmulo de cobre no organismo.

08) CROMO (Cr)
Ação: Metabolismo nutricional.
Propriedades: Essencial no metabolismo dos lipídeos e glicídios.
Indicação: Diabetes, doenças da nutrição, arteriosclerose, colesterol.

09) ENXOFRE (S)
Ação: Aparelho hepato-biliar, insuficiência digestiva, doenças de pele, asma, rinite, síndrome neuro-artrítico, enxaquecas, doenças alérgicas.
NT: Por ser dessensibilizante universal, deve-se associar aos tratamentos de pele tais como: acne, eczema e urticária.

10) ESTANHO (Sn)
Ação: Sobre todas as Estafilocoxias.
Propriedades: Antiinfeccioso.
Indicação: Abscessos, furúncolos, antraz, acne infectada.

11) FERRO (Fe)
Ação: Hematopoética, acelerador enzimático.
Propriedades: Indispensável aos órgãos produtores de sangue, oxigenação celular, elaboração enzimática, indispensável ao transporte de elétrons.
Indicação: Anemias ferropênicas, convalescença, hemorragias.
NT: O metabolismo do Ferro depende da presença de outros oligoelementos como o Manganês-Cobre-Cobalto aos quais deve ser associado.

12) FLÚOR (F)
Ação: Aparelho músculo-esquelético
Propriedades: Essencial à regularização do metabolismo de fixação do Cálcio, em particular ao nível da ossificação e das trocas iònicas articulares.
Indicação: Distúrbios na calcificação, escoliose, cifose, raquitismo, atraso no crescimento, osteoporose, osteomalacia, osteopenia, hiperlaxidez ligamentar, entorses repetitivas, distrofias ósseas, prevenção de cárie dentária, rompimento de ligamentos.

13) FÓSFORO (P)
Ação: No metabolismo fosfocálcico e psiquismo, sobre paratireóide, sobre o sistema nervoso central.
Propriedades: Essencial ao metabolismo do Cálcio a todos os níveis, ósseo, parassimpático, central, paratireóide, antiespasmódico.
Indicação: Astenia física e psíquica, depressões nervosas, estados de esgotamento cerebral, estados espasmódicos, respiratóri, distrofias ósseas. Associado a Cobre-Ouro-Prata, é indicado no início da doença de Dupuytren.
NT: As regularizações do metabolismo de fixação do Cálcio, estão dependentes da presença catalítica do Flúor e do Fósforo.

14) GERMÂNIO (Ge)
Ação: Na regeneração celular.
Propriedades: Regularizador, revitalizante celular.
Indicação: Estados pré-cancerosos.

15) IODO (i)
Ação: Sobre a tireóide e outras glândulas endócrinas, sistema circulatório, sistema neuromuscular, pele e fâneros,
Propriedades: Regularizador da tireóide e glândulas endócrinas, preside ao metabolismo nutricional. 
Indicação: Bócio, obesidade tipo tireoideano, hipotiroidismo, hipertiroidismo, profilático das escleroses orgânicas, hipertensão arterial, associado ao Manganês-Cobalto, dismenorréias (hiper e hipo).

16) LÍTIO (Li)
Ação: Sistema nervoso central, funções renais de eliminação urinária.
Propriedades: Regulador de humor, propriedades psicotrópicas sobre os neuromoduladores cerebrais, favorável nos problemas psíquicos da terceira idade, regulador do sistema hidroeletrolítico, favorece a eliminação de uréia e do ácido úrico.
Indicação: Depressões, insônias, ansiedade, fobias, perturbações de comportamento, emotividade,. abulia, instabilidade emocional, inibição, psico-dermatoses, nervosismo, agressividade, estados de esgotamento cerebral, uremia, uricemia, gota, psicopruridos.

17) MAGNÉSIO (Mg)
Ação: Intestinos; participa no metabolismo dos glucídios, lipídeos e protídeos; regularização do metabolismo do Cálcio; na membrana celular, regularizando a troca eletrolítica extra e intracelular.
Propriedades: anti-stress, antiespasmódico, antiinfeccioso, cárdioprotetor, regularor térmico.
Indicação: Espasmofilia, senescência, desmineralização, perturbações do crescimento, raquitismo, gravidez e aleitamento, verrugas, câibras, profilaxia do aborto, debilidade emocional, ansiedade, angústia, cefaléias, vertigens, arritmias, tremores, neuroses, psicopatias, dermatoses, insônias constituídas por auto-intoxicação, obstipação crônica, colites, insuficiência hepática funcionais.

18) MANGANÊS (Mn)
Ação: Corretor diatésico do terreno da diátese 1; no ciclo de Krebs, sobre o sistema imunológico; intervém em numerosas funcões enzimáticas ou metabólicas, participa na síntese da hemoglobina, coenzima das amino-peptidases.
Propriedades: Antialérgico, dessensibilizante, biocatalizador das oxidações celulares, favorece o desenvolvimento das glândulas endócrinas.
Indicação: Asma alérgica, alergias alimentares, sinusites, rinites alérgicas, coriza espasmódica, urticária, eczema alérgico, prurido, astenia matinal, poliartralgias, hipermenorréia, indicações específicas da Diátese 1; falta de memória nos jovens, insônia dos "alérgicos" que dormem pouco, enxaquecas.
NT: Os estados carências de Manganês são frequentes nas civilizações de indivíduos cujo sedentarismo provoca fenômenos de autointoxicação.

19) MOLIBDÊNIO (Mo)
Ação: Especial incidência sobre o fígado., 
Propriedades: Coenzimas das: Xantino-oxidase, aldeído-oxidase, hidrogenase.
Indicação: Anemias hipocrônicas, anorexias tóxicas e mentais.

20) NÍQUEL (Ni)
Ação: Pâncreas (endócrino e exócrino).
Propriedades: Biocatalizador óxido-redutor com fator enzimático múltiplo (fosfatasses).
Indicação: Obesidade, celulite, disfunções hepato-bilio-pancreáticas, diabetes, estimulante das glândulas salivares.

21) PLATINA (Pt)
Ação: Ceciular
Propriedade: Forte biocatalizador das reações bioquímicas, antidegenerativo.
Indicação: Estados pré-cancerosos, senilidade precoce.

22) POTÁSSIO (K)
Ação: Sobre o metabolismo da água.
Propriedades: Antiálgico, regulador da função suprarenal.
Indicação: Obesidade por retenção hídrica, reumatismos degenerativos, edemas (renais e cardíacos), fadiga muscular.

23) SELÊNIO (Se)
Ação: Reidrata a pele e as mucosas, regulariza a atividade endócrina.
Indicação: Queda de cabelo, unhas quebradiças, osteopenia, cicatrizante, osteoporose, artrose, hiperlaxidez ligamentar, deficiência intelectual, verrugas, unhas com pontos brancos, regenera tecidos lesados.

25) TITÂNIO (Ti)
Ação: Preponderante nas síndromes do terreno Artro-Tuberculos.
Propriedades: Estabilizador geral.
Indicação: Fragilidade traqueobrônquicaP, bronquite, laringite, sinusite.
NT: Deve ser alternado com Silício.

26) VANÁDIO (V)
Ação: Sistema cardiovascular.
Propriedades: Oxi-Redutor.
Indicação: Hipostenia, neoplasias, colesterol, doenças cardiovasculares.

27) ZINCO (Zn) 
Ação: Sobre as glândulas endócrinas; hipófise, pâncreas, gônadas.
Propriedades: Constituinte da anidrase-carbônica, influencia o metabolismo da respiração celular.
Indicação: Perturbação no eixo hipofiso-genital-suprarenais, atrasos no crescimento, menopausa, disfunções sexuais (impotência e frigidez), prostatismo, hipermenorréias, dismenorréias.
NT: As carências de Zinco e seus períodos:
-Pré Natal: 
Má formações, atraso no crescimento intra-uterino.
-Perinatal:
Diminuição do crescimento cerebral.
-Pós Natal:
Anorexia.

28) ALUMÍNIO-COBALTO (Al-Co)
Ação: Aparelho cerebral.
Propriedades: Regularizador
Indicação: Perturbações da memória, perturbações do sono.

29) CÁLCIO-COBRE-ZINCO (Ca-Cu-Zn)
Ação: Sobre o eixo hipotálamo-hipófiso-pancreático.
Propriedades: Estimula a imunidade celular, aumenta as defesas orgânicas.
Indicação: Involução tímica, alergias.

30) COBRE-OURO-PRATA (Cu-Au-Ag)
Ação: Catalítico da Diátese 4 (Anérgico), sistema retículo-endotelial.
Propriedades: Antiinfeccioso, antiinflamatório, cortilo-estimulante.
Indicação: Reumatismos crônicos e evolutivos, infecções de repetição, astenia psicofísica, obsessões, úlceras varicosas, varizes, falta de memória dos "anérgicos", falha global das capacidades intelectuais, melhora a capacidade de raciocínio, neurastenia, obsessões mórbidas, tendências suicidas, sindromes depressivas existenciais.

31) FERRO-COBRE-COBALTO (Fe-Cu-Co)
Ação: Hematológica.
Propriedades: Produtora de hemoglobina.
Indicação: Anemia ferropênica, fadiga.
NT: Nos casos de hipotensão, administrar também o Iodo.

32) MANGANÊS-COBALTO (Mn-Co)
Ação: Sistema Neurovegetativo.
Propriedades: Regularizador neurovegetativo. 
Indicação:

No sistema circulatório:
Insuficiência circulatória, insuficiência circulatória periférica, hipertensão, tendência para arteriosclerose, cefaléias de origem circulatória, pernas pesadas, varizes, cãibras, síndrome de Raynaud, arterites, coronareites.

No sistema digestivo:
Espasmos gastrointestinais, aerofagia e aerocolia, disquenésia biliar, litíases, úlceras do estômago e duodenais, colites.

No aparelho urinário:
Uremia, litíase renal, úrica e oxália.

No aparelho Neruropsíquico:
Angústia e ansiedade, insônias no Neuroartrítico que dorme pouco por constituição ou intoxicação digestiva, perda de memória no adulto, irregularidade no caráter, alternância de humor, coadjuvante com Cu-Au-Ag, no tratamento dos neurastênicos e na capacidade de raciocínio dos Neuroartríticos.

Na pele:
Alguns eczemas crônicos.

No aparelho respiratório:
Transição da Asma simples ao enfisema. 

No aparelho Osteorticular:
Gota, doença de Paget.

33) MANGANÉS - COBRE (Mn-Cu)
Ação: Sobre os indivíduos da Diátese 2, fragilidade tráqueob.rônquica, astenia psicofísica progressiva.
Propriedades: Corretor diatésico.
Indicação:

No aparelho respiratório: Afecções microbianas em geral, asma brônquica, bronquite, traqueite, sinusite.

No aparelho Neuropsíquico:
Falta de memória, dificuldade de concentração, astenia Psicofísica progressiva.

No aparelho digestivo: 
Enterocolites, alternância de diarréia e obstipação.

No sistema endócrino e genital: 
Hipotiroidismo, hipomenorréias, cistite reincidente.

Na pele:
Prurido, acne, eczema.

34) MANGANÊS-cOBRE-COBALTO (Mn-Cu-Co)
Ação:Sistema Neurovegetativo.
Propriedades: Regularizador, preside ao metabolismo do Ferro.
Indicação: Espasmos Gastrointestinais, úlcera duodenal, anemias.

35) MAGLISE OU SELIMAG
Propriedades: Antistress, despolarizante celular, astenia Neurocerebral, antioxidante, regulador térmico.
Indicação: Espasmos musculares, câibras, tremores, astenias, neuroses, terrenos cancerígenos.

36) NÍQUEL-COBALTO (Ni-Co)
Ação: Metabolismo Pancreático (exócrino).
Propriedades: Regularizador.
Indicação: Aerocolia, esteatorréia, diabetes, obstipação, digestões lentas, fermentações intestinais, sonolência digestiva, diabetes.

37) ZINCO-COBRE (Zn-Cu)
Ação: Glândulas endócrinas, esfera hipófiso-genital.
Propriedades: Regularizador do sistema endócrino.
Indicação: Disfunções endócrinas, menopausa, disfunções ovarianas, dismenorréia, menorragias, metrorragias, frigidez e impotência sexual, acne, queda de cabelos, distúrbios da puberdade.

38) ZINCO-NÍQUEL-COBALTO (Zn-Ni-Co)
Ação: Sobre o eixo Hipófiso-Pancreático (endócrina).
Propriedades: Regularizador do sistema endócrino e protetor Pancreático, preventivo dos estados pré-. 
Indicação: Astenia, obesidade, angústia, diabetes, má digestão, perturbações de assimilação, aerocolia.
NT: Protetor e reequilibrante na diabetes constituída, originando frequentemente uma diminuição nas doses de insulina ministradas aos insulino-dependentes.

IMPORTANTE: ESTE TRATAMENTO NÃO SUBSTITUI ORIENTAÇÃO MÉDICA.